Sucessos são sempre bem explorados. Se deu certo uma vez, porque não tentar de novo, certo? E as novelas também entram nessa mesma ideia. Alguns sucessos ganharam uma nova versão, algumas foram bem outras nem tanto.


Guerra dos Sexos – 1983 e 2012



O que dizer da primeira versão de Guerra dos Sexos? Talvez uma das melhores novelas que já passou na TV. Com cenas antagônicas, ou vocês não lembram da guerra de comida no café da manhã? Além disso, Guerra dos Sexos foi um marco na televisão, com humor pastelão e comédia rasgada. Coisa que não era muito comum na época.

O sucesso foi tanto, que decidiram fazer uma nova versão em 2012, com Tony Ramos. Porém, o que se esperava era um sucesso daqueles e não foi o que aconteceu. Teve uma audiência super baixa e acabou fracassando.


Cabocla – 1979 e 2004



Em 1979, Gloria Pires ganhou o seu primeiro papel de protagonista na novela Cabocla. A história baseada na obra de Ribeiro Couto teve grande repercussão na TV a ponto de ganhar uma nova versão em 2004 com Vanessa Giácomo e Daniel de Oliveira como protagonistas. A parte boa é que as duas novelas mandaram bem na audiência e foram muito elogiadas.


Escrava Isaura – 1976 e 2004



Quando pensamos em uma novela boa, possivelmente vem a nossa cabeça Escrava Isaura, certo? Pois é, em 1976 a obra de Bernardo Guimarães foi adaptada pelo Gilberto Braga e protagonizada por Lucélia Santos e simplesmente AHAZOU! Sério, a novela é um dos maiores sucessos da TV e duvido que tenha alguém que não tenha tido pena da Isaura. A bichinha sofreu, sofreu, mas sofreu.

Tentando refazer o mesmo feito, a Rede Record em 2004 lançou a sua versão para a obra de Bernardo Guimarães com Bianca Rinaldi no papel de protagonista. A novela não foi tão bem como a primeira, mas foi um sucesso enorme para a Record e já foi reprisada algumas centenas de vezes.