Arquivo por categoria Babilônia

5 motivos para termos amado o primeiro capítulo de #Babilônia

Taí, Império foi um daqueles novelões de deixar o telespectador fissurado do começo ao fim. Então, todo mundo ainda está meio receoso com Babilônia, que estreou na última segunda-feira. Medos a parte, a nova novela do Gilberto Braga começou BOMBANDO e a gente separou 5 motivos que fizeram a gente amar o primeiro episódio e ficar ansioso para os próximos:

– Teve PAH na cara da família conservadora:

– Nunca se viu tantos ‘vilões’ numa só novela:

– Garantiu vários memes


– Pegação generalizada de Beatriz (Glória Pires)

– Embate entre duas, das melhores atrizes do Brasil:

E aí, quem está ansioso pro desenrolar da história?? o/o/

Tags: ,

Vem aí… Babilônia

Rita Lee escreveu na década de 70 que “suspenderam os jardins da Babilônia… e quem não chora daqui, não mama dali… quem pode pode e deixa os acomodados que se incomodem.” Bom, acho que essa é uma premissa muito boa para começar a falar de Babilônia, próxima novela das nove que vem com DUAS VILÃS. Duas das maiores atrizes da atualidade dão vida a duas vilãs que se odeiam. Gloria Pires e Adriana Esteves dão vida a Beatriz e Inês. Podemos esperar muita coisa disso aí? DEVEMOS.

Escrita por Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga , conta com uma mocinha vivida por Camila Pitanga e espero que sua personagem Regina não seja uma daquelas pessoas extremamente corretas, sonhadoras e… chatas. Baixa o encosto de Bebel que tá tudo certo.

Temos um casal lindo vivido por Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg, que criam o neto de uma delas como se fosse filho (porque no fim das contas é), o que promete render muitas cenas sobre os diversos tipos de família, preconceito e aceitação.

Babilônia vem para preencher um vazio em nosso coração. Não que Império tenha sido ruim, mas era um novelão fantasioso e exagerado, como o próprio autor prometeu e entregou (às vezes antes da hora com muito spoiler);

No primeiro capítulo já nos foi prometido um assassinato a sangue frio, chantagens, barraco e risadas. Iremos cobrar.
Faltava uma novela que unisse todos os noveleiros como foi Avenida Brasil.