#TatáDay

Mais esperada que o final de Salve Jorge (ok, nem tanto), foi a estréia de Tatá Werneck em Amor à Vida. Enfim, o grande dia chegou, na quinta-feira dia 24/05. Em menos de 3 minutos, Valdirene, personagem da humorista, fez valer todos os meses de sofrimento entre o final de Avenida Brasil e o começo dessa nova trama. Filha de uma ex-Chacrete vivida por Elizabeth Savalla, a piriguete tem tudo pra ganhar desde os nossos corações até o brigues brodi.

Tags: , ,

Félix é pego pelo Gaydar do Crô

A mulher conhece um homem lindo, maravilhoso, educado, rico, ele dá moral, namora, noiva e casa. Conheceu o homem perfeito, certo? Não, afinal, a perfeição não existe… Quem nunca ouviu aquela piadinha de que o homem perfeito seria gay? Edith, coitada, foi vítima de fraude e merece seu dinheiro de volta depois de adquirir o produto Félix. Só que tem que a ela ainda não percebeu, por mais que ele dê tanta pinta que até sua avó tenha comentado algo do tipo “Esse rapaz é estranho” enquanto via a novela. Chamamos um convidado especial para fazer os devidos esclarecimentos para Edith, porque ela não merece viver no armário com o marido.

O que dizer sobre a cena abaixo, se ele fosse gay, ele não ia…

Achou que era um pega dos fortes, certo? Você está enganada, ameega, ele estava, na verdade, tirando ela de cima dele porque a única coisa que lhe passava pela cabeça era:

Leia mais $raquo;

Escala Naza Tedesco de vilania

Quatro novelas no ar, todas elas com vilões gatões pra gente admirar as maldades, mas será que algum deles chega aos pés da deeva Naza Tedesco? Com expressões que ela mesma usaria, decidimos analisar o perfil de cada um deles…

Leia mais $raquo;

Amor à vida: a estreia

A novela foi muito otimista na estreia, além de comemorarmos o fim de Salve Jorge início de uma nova Era cheirando muita pedra em Machu Picchu, o primeiro dia foi todo com final feliz. Como cada bloco durou uma eternidade pra gente se apegar à fotografia de cinema e pra dar pra passar uns 50 anos em um único capítulo, a gente vai só falar o que teve de mais importante em Amor à Vida ontem:

Félix Hetero (Mateus Solano) interpreta uma bee enrustida com sotaque paulista forçado que tenta disfarçar a viadage sendo casada com Regininha Edith (Bárbara Paz), uma estilista com cara de v1d4 l0k4 mas que parece na verdade ser toda boazinha, pois acoberta as maldades do marido com peso na consciência e cara de chocada. Félix passou metade do primeiro capítulo falando que morre de raiva das injustiças no seu núcleo familiar, porque, afinal, a irmã dele não é irmã, é só adotada. Mas, olha, com aqueles echarpes, bolsinha de lado e muita desmunhecada a gente podia ver nozói dele que ele tá com inveja da pussy da irmã.

Leia mais $raquo;

Noveleiro que se preze…

Assiste ao Ex-Tricô com o @Teledramaturgia!

O tempo passou, hein Ailton?

Tags: , ,

O clone do Tufão

Os cabelos brancos continuam…

Tags: , ,

Separadas por um Justin…

Tags: ,

Max na moda

Tags: , ,